É possível superar a crise: a importância do planejamento estratégico

O cenário econômico atual gerado pela Pandemia do Coronavírus trouxe inúmeras consequências negativas em vários segmentos da economia. Devido a isso, planos que foram feitos no início do ano podem ter perdido o sentido.

Muitos empresários pensam, agora, apenas em abrir as portas de suas empresas; já se cultiva a ideia de que o ano acabou e que agora só resta esperar a nova virada para voltar a definir metas. E, realmente, muitos planos que foram traçados não irão se concretizar, mas isso não significa que novos projetos não possam ser feitos.

Todos já encaramos a seguinte frase: “Toda crise gera oportunidades”; mais do que um clichê, esta é uma realidade. É preciso aproveitar a oportunidade de repensar as formas de gestão, de modo a viabilizar maior eficiência e rentabilidade. 

É claro que planejar tem seus desafios, seja na crise ou fora dela, afinal de contas, por mais que se utilize métricas, planilhas e gráficos, estabelecer planos sempre envolve “flertar” com o desconhecido.

Porém, construir objetivos e persegui-los incansavelmente provoca não apenas um aumento da lucratividade e maior satisfação dos clientes, mas também estimula a capacidade do empresário de inovação frente ao mercado.

Nesse momento, o planejamento estratégico entra como ferramenta indispensável, pois através dele são implementadas ações coordenadas e seguras, por meio de metas mensuráveis que permitirão o avanço progressivo do negócio.

Além de objetivos tangíveis e trajetória de alcance bem definida (com início, meio e fim), a empresa deve aproveitar ao máximo seus profissionais e o papel de cada um na consecução do plano: cada meta tem o(s) seu(s) responsável(is).

Essa delegação de tarefas contribui para o senso de responsabilização do time, além de facilitar o acompanhamento e monitoramento da evolução de cada meta. Assim, será mais fácil agir de forma preventiva ou proativa.

Portanto, estabelecer um planejamento estratégico confere mais eficiência a evolução/progresso do negócio, melhora a produtividade e também os resultados.

O fato é que o cenário atual exige ainda mais do gestor, porém com dedicação e compreensão do mercado, utilizando ferramentas inteligentes, é possível descobrir como superar à crise, abreviar os impactos financeiros de sua organização ou até mesmo explorar novas oportunidades.

William L. João